O TRIO SAGRADO

Vivekananda

1863-1902

Sri Ramakrishna

1836-1886

Sri Sarada Devi

1863-1920

Sri Ramakrishna

Sri Ramakrishna (1836-1886) é adorado atualmente por milhares de pessoas como uma Encarnação divina, ou Avatar. Sua vida foi um testemunho da verdade e da universalidade dos princípios espirituais, assim como da pureza e do amor. Ele é conhecido mundialmente como o "Profeta da Harmonia das Religiões", já que devido a sua própria vivência de Deus, ele proclamou que todos os caminhos espirituais conduzem a Divindade, e que bastaria que o aspirante fosse sincero e perseverante na sua busca que ele ou ela encontrariam a realização espiritual.

Nascido em Kamarpukur, uma aldeia próxima a Calcutá, desde criança demonstrou uma grande inclinação para a vida espiritual. Como um jovem sacerdote de um templo em Dakshineswar (Calcutá), Ramakrishna mergulhou em intensas práticas espirituais e profundas meditações, tomado por um forte anelo por Deus e pelo anseio da comunhão divina.

Vivia constantemente absorto em Deus. Em seus frequentes êxtases espirituais, alcançava o sublime estado de união com a Infinita Realidade. Para ele, o ensinamento védico da unidade da existência era mais que uma teoria, pois realizou essa verdade pela percepção direta. Sri Ramakrishna trilhou diferentes caminhos religiosos dentro do Hinduísmo. Mais tarde praticou o Islamismo e depois meditou profundamente em Jesus Cristo, experimentando a mesma Realidade Divina através destes caminhos não hindus. 

Sri Sárada Devi

Carinhosamente chamada de "Santa Mãe", Sri Sarada Devi (1853-1920) nasceu na aldeia de Jayrambati, não muito longe de Calcutá. Foi consorte e companheira espiritual de Sri Ramakrishna, e mais tarde, depois do falecimento deste, a continuadora de sua obra espiritual. Sri Ramakrishna tratou Sarada Devi como uma manifestação especial da Divina Mãe do universo (os hindus vêem Deus como Mãe, diferentemente dos ocidentais que o vêem como Pai). Em 1872, na noite do Phala-harini-Kali-puja, ele adorou Sri Sarada Devi ritualisticamente como a Mãe Divina despertando, desse modo, a maternidade universal latente nela. Quando os discípulos começaram a chegar até Sri Ramakrishna, Sarada Devi aprendeu a vê-los como seus próprios filhos. Embora ela fosse muito venerada por seu elevado estado espiritual e literalmente adorada como Mãe Divina pelos discípulos monásticos e leigos, continuou a viver como uma simples mulher do vilarejo, lavando roupas, varrendo o chão, buscando água no lago, descascando vegetais, cozinhando e servindo alimentos.  Como Sister Nivedita disse: "Sua vida foi uma prece longa e tranquila".

Swami Vivekananda

Swami Vivekananda, cujo nome pré-monástico era Narendra Nath Datta, nasceu numa influente família de Calcutá - Índia, no ano de 1863. Como um garoto precoce, Narendra se destacava na música, na ginástica e nos estudos. Mais tarde graduou-se na Universidade de Calcutá, e adquiriu um vasto conhecimento sobre diferentes assuntos, especialmente filosofia e história ocidentais. Tendo nascido com a natureza de um yogui, ele costumava praticar meditação desde sua infância. Mais tarde, na sua adolescência, encontrou Sri Ramakrishna, que devido a sua sabedoria e pureza conquistou o jovem Narendra, tornando-o seu discípulo. O Grande Mestre colocou-o sob intensa disciplina espiritual, preparando-o para divulgar sua mensagem universalista para mundo, fato que aconteceu no Parlamento Mundial das Religiões em 1893, em Chicago, EUA, quando representou o Hinduísmo e proclamou para o Ocidente os tesouros espirituais da Vedanta e Yoga.